Seu conteúdo de marketing digital

BLOG

Buscar


1 - GOOGLE ANALYTICS

Google Analytics é uma das ferramentas para marketing digital obrigatórias, básica para quem já tem um site, blog ou aplicativo.

É a solução gratuita mais completa para analisar dados do seu negócio, conhecer melhor o seu público, de onde vêm os seus visitantes e como ele se comportam nas suas páginas.

2 - GOOGLE SEARCH CONSOLE

Essa é a ferramenta oficial do Google para o seu site. No Google Search Console, você pode conferir erros de rastreamento, problemas de segurança, a maneira como o Google lê as suas páginas e quais termos estão atraindo mais tráfego. É uma plataforma básica para SEO.

3 - GOOGLE TRENDS

Quer analisar as palavras-chaves que são mais importantes para o seu negócio? No Google Trends mostra os mais populares termos buscados em um passado não muito distante. Com gráficos apresentando frequentemente como um termo em particular é procurado em várias regiões do mundo.

4 - GOOGLE ADS

O Google Ads é o antigo Adwords. A plataforma permite criar anúncios para o Google, que incluem links patrocinados, mídia display, Google Shopping e aplicativos mobile, com uma série de segmentações e palavras-chave para atingir o público que você deseja.

5 - GOOGLE OPTIMIZE

É uma ferramenta gratuita do Google para realizar testes de layout e usabilidade no seu site com a finalidade de identificar o que funciona melhor para o seu público. A intenção é otimizar a experiência do usuário e obter melhores resultados nas suas páginas.

6 - MAILCHIMP

É uma plataforma de e-mail marketing para pequenos e médios negócios. A ferramenta é bastante simples de mexer e permite configurar públicos segmentados, personalizar conteúdos e editar o layout dos e-mails facilmente.

O plano gratuito permite até 2.000 contatos e o envio de 12.000 e-mails por mês.


#marketingdigital #dicasdemarketing #ferramentasdomarketing

  • Diogo Chiapani

No dia 27 de maio foram lançadas 2 ferramentas para monetizar vídeos. Elas serão voltadas para monetização do IGTV e Lives no Instagram. Inicialmente serão disponibilizadas nos Estados Unidos, o IGTV já terá os primeiros pagamentos agora em julho para os americanos, mas provavelmente a ferramenta deve demorar de 30 a 60 dias para chegar no Brasil.

Os vídeos deveram ter no mínimo 2 minutos de duração e poderão ter suas prévias postadas no feed. Para conforto e alívio do usuário, será possível pular os anúncios. Atenção, vídeos postados antes do lançamento não poderão ser monetizados!

Já as lives terá a função “badge” (medalha/distintivo), a ferramenta dá aos fãs a possibilidade de pagar para ter os comentários aparecendo em destaque durante as lives, como já acontece em vários serviços deste tipo, como o YouTube. A diferença está que nessa nova ferramenta só será aceito um badge de cada fã por transmissão, que vai de US$ 0,99 (um coração), US$ 1,99 (dois corações) e até US$ 4,99 (três corações).

Com essa novidades da plataforma, podemos afirmar que o Instagram pretende competir o YouTube e TikTok, pois ambos já possuem recursos de monetização para criadores de conteúdo.


#monetização #instagram #marketingdigital

  • Diogo Chiapani

O impulsionamento na plataforma começou em 2012 com o objetivo de descomplicar os anúncios na rede social para empresários, já que na antes dessa época o Facebook era mais voltado para o relacionamento entre pessoas do que para o marketing.

A forma de mostrar uma determinada publicação a um público mais definido, com intuito de aumentar o seu alcance e ser mais certeiro, é através do impulsionamento!

Por que impulsionar um post?

Post impulsionado é a uma das maneiras de alcançar pessoas que estão interessadas no seu conteúdo/serviço, mas que não sabem como chegar até você.

Através do impulsionamento é possível inserir pela opção do Call-to-Action. Ela tem o objetivo de levar as pessoas a tomar uma ação, como se inscrever em uma newsletter, fazer reserva, levar para seu site, entre outras.

Vale a pena impulsionar no Facebook?

Com a diminuição cada vez maior do alcance orgânico (sem impulsionamento) das postagens, essa pode ser uma das maneiras mais eficazes de alcançar os atuais e novos públicos.

Mas fique sabendo que, impulsionar não é simplesmente investir um valor, é necessário trabalhar uma estratégia, ou seja, definir o conteúdo e a melhor forma de apresentar ao público, pois a plataforma oferece diferentes formatos para impulsionamento, com o objetivo de se tornar relevante para o público e posteriormente colher os resultados, a curto, médio ou longo prazo, dependendo do objetivo.


]#impulsionar #facebook #marketingdigital